quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Entre duas pessoas

Postado por Renata Lopes Costa às 22:23
Passando pelos blogs "dazamigas", vi que tem uma pessoa que acompanho e muito admiro pela sua determinação e carinho na sua maternagem, está se separando. Momentaneamente, me choquei e me entristeci por ela - mesmo sem saber os motivos e razões que a levaram a isto. Refleti...

Refleti sobre como ás vezes a vida se apresenta frágil diante da gente, que muitas vezes as coisas não saem como planejávamos e ainda me fez ver ainda mais que relacionamentos são frágeis e requerem cuidado constante. Relacionar-se vai muito além dos contos de fada. Vai muito além das nossas expectativas... Requer um tremendo jogo de cintura para que nossos desejos e defeitos sejam confortavelmente confrontados com de nossos parceiros.

Relacionar-se bem e em harmonia requer renúncias, paciência, compreensão que, às vezes, vai além de nosso entendimento. Amar nos torna soberanos a igualmente vulneráveis. Nos deixa ás margens da loucura, da loucura boa de fazer sacrifícios e daquela loucura que amedronta.

Agora, antes que o verbo relacionar seja conjugado na sua pior maneira é preciso maturidade para deixar ir, deixar tomar outros rumos aquele velho amor que um dia acendeu seu coração.

Sejamos felizes!
Que cada um encontre sua verdadeira identidade!
Que sejamos felizes da nossa particular maneira!

1 comentários:

dorinnha radashy disse...

é. não deve ser fácil ser mãe de 3, mas ainda bem que o papai ajuda! e apesar de termos uma falta de tempo, sentiremos muita saldades da infância de nossos pequenos quando já forem adultos. beijos! http://superandoopreconseito.blogspot.com
pode passar pra conhecer a mim e ao meu bebê!

 

Mãe de três! Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea